quarta-feira, novembro 16

Ao amanhã e além

Sabe, amor, nossa conversa de hoje me fez pensar em várias coisas. Também quero mudar e quero me achar nesse mundo. Percebi que estou precisando me engajar com alguma causa, achar algum sentido nas coisas. Sabe aquilo de "possuo uma espiritualidade independente de religiões"? Pois então, não anda funcionando tão bem. Cansei de ser passiva, imparcial, apolítica, agnóstica, apática. Quero relembrar quais são minhas verdadeiras convicções e admiti-las, sem medo da opinião alheia. Quero me impor e parar de velar por uma imagem de queridinha. Quero ser mulher e falar alto que eu posso ser adulta, sim. Quero mostrar que beleza e inteligência combinam e quero ser mais simpática e sociável. Quero ser sexy e te deixar de boca aberta. Eu quero mostrar para meus pais que mereço confiança e respeito.

Sabe, eu consigo.