terça-feira, setembro 21

Para você

Sei que não escrevo muito, amor
mas não esqueço do teu sorriso.
Pois de todos os que já tive,
és de longe o meu mais querido.


A saudade, amor, é boa
faz a gente suspirar.
E se eu vejo um cão na rua,
tua lembrança me faz corar.


É a tua cara de bobo, amor
que deixa meu mundo apertado.
Quero despir-te por inteiro
para ficar mais ao teu lado.

Amor, se eu te magoo às vezes
não é porque não te desejo.
Por favor, nunca te esqueças:
quando acordar, me dê um beijo.

Um comentário:

  1. Você sabe que, não fosse a distância, não pararia de te beijar nunca.

    ResponderExcluir