sexta-feira, agosto 21

Um segundo antes do mundo parar

Passou por aqui, coitadinho,
À procura de um lugar para o ninho.
Saltou de um galho bem alto...
Se fez gavião no seu salto.
Aterrissou num jardim de flores...
Roçou suas asas nas cores.
Imaginei tê-lo para mim
Numa fita azul de cetim.
Hoje fui procurá-lo no sopé...
O mundo já tinha dado ré.

Nenhum comentário:

Postar um comentário