sábado, julho 4

O operário desmoronou

O operário em construção
Desaprendeu a dizer não.
Esqueceu por quem falava,
Esqueceu por que lutava.

O operário contra o patrão
Não anda na contra-mão.
Sua mente contraditória
Virou medida provisória.

O operário da oposição
Trabalha na constituição.
Sozinho, não constrói mais nada,
Largou a foice e a enxada.

O operário da sindicalização
Transforma reforma em concessão.
Valorizou o capital,
Encheu o bolso do estatal.

O operário da união
Não tem mais calo na mão.
Só muda sua vida
Por medida preventiva.

O operário cresceu em vão,
Hoje vive de coligação.
"Se preocupa com a gente,
o Senhor Presidente ".

O operário desconstruído
Só quer o povo unido
Quando for a seu favor.
Do não, o operário tem horror.
__________
Sexta-feira faz bem... ou não.

2 comentários: